Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Coleccionador de sons (58)

por João Távora, em 11.04.14

Coimbra, a canção escrita por Raul Ferrão estreada no filme Capas Negras em 1947 é certamente ainda hoje a melodia portuguesa mais popular em todo o mundo. Interpretada em 1950 por Amália Rodrigues nos espectáculos Plano Marshall em apoioà Europa arruinada pela II Grande Guerra, coube a Jimmy Kennedy escrever a versão em inglês April in Portugal como veio a ser celebrizada pelas mais ilustres vozes mundiais da época. Aqui partilho uma peculiar interpretação de Louis Armstrong em 1953 com orquestração de Sy Oliver num disco Brunswick 05122. 

 

April in Portugal


(Jimmy Kennedy)

 

Oh, I found my April dream
In Portugal with you
When we discovered romance
Like I never knew
My head was in the clouds
My heart went crazy too
And madly I said
"I love you"

Too soon I heard you say:
"This dream is for a day"
That's Portugal
And love in April
And when the showers fell
Those tears I know so well
They told me
It was spring fooling me

I found my April dream
In Portugal with you
When we discovered romance
Like I never knew
Then morning brought the rain
And now my dream is through
But still my heart says
"I love you"

Then morning brought the rain
And now my dream is through
But still my heart says
"I love you"

But still my heart
Says "I love you."

 

Este e muitas outras gravações portuguesas antigas podem ser escutadas aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:04




A montante deste caprichoso prazer de coleccionar os sons antigos e de saborear sofisticados sistemas de reprodução sonora está uma enorme paixão. Neste blog que afinal é uma contradição de termos – uma plataforma de partilha digital em defesa do suporte analógico - presto tributo a essa que considero a mais divinal forma de expressão humana: a música.


O Autor

João Lancastre e Távora nasceu em Lisboa, que adora. Exilado no Estoril, alienado com política e com os media, é sportinguista de sofrer, monárquico, católico e conservador. No resto é um vencedor: casado, pai de filhos e enteados, é empresário na área da Comunicação e do Marketing. Participando em diversos projectos de intervenção cívica, é dirigente associativo e colabora em vários blogues e projectos comunicação política e cultural.

Instagram

Instagram




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D